terça-feira, 28 de abril de 2009

O amor é...

Amor visto pelas Crianças - Fabuloso!!!!

Vale a pena ler tudo ...



«Quando a minha avó ficou com artrite, não se podia dobrar para pintar
as unhas dos dedos dos pés. Portanto o meu avô faz sempre isso por
ela, mesmo quando apanhou, também, artrite nas mãos. Isso é o amor.»

Rebeca, 8 anos



«Quando alguém te ama, a maneira como pronuncia o teu nome é
diferente. Tu sentes que o teu nome está seguro na boca dessa pessoa.»

Billy, 4 anos



«O amor é quando uma rapariga põe perfume e um rapaz põe colónia da
barba e vão sair e se cheiram um ao outro.»

Karl, 5 anos



«O amor é quando vais comer fora e dás grande parte das tuas batatas
fritas a alguém, sem a obrigares a darem-te das dele.»

Chrissy, 6 anos



«O amor é o que te faz sorrir quando estás cansado.»

Terri, 4 anos



«O amor é quando a minha mamã faz café ao meu papá e bebe um golinho
antes de lho dar, para ter a certeza de que o sabor está bom.»

Danny, 7 anos



«O amor é estar sempre a dar beijinhos. E, depois, quando já estás
cansado dos beijinhos, ainda queres estar ao pé daquela pessoa e falar
com ela. O meu pai e a minha mãe são assim. Eles são um bocado
nojentos quando se beijam.»



Emily, 8 anos rsssssssssssssss



«O amor é aquilo que está contigo na sala, no Natal, se parares de
abrir os presentes e escutares com atenção.»

Bobby, 7 anos



«Se queres aprender mais sobre o amor, deves começar por um amigo que odeies.»

Nikka, 6 anos



«O amor é quando dizes a um rapaz que gostas da camisa dele e, depois,
ele usa-a todos os dias.»

Noelle, 7 anos



«O amor é quando um velhinho e uma velhinha ainda são amigos, mesmo
depois de se conhecerem muito bem.» (nem Sócrates, Descartes ou Freud
diriam algo mais certo...)

Tommy, 6 anos



«Durante o meu recital de piano, eu estava no palco e sentia-me
apavorada. Olhei para todas as pessoas que estavam a olhar para mim, e
reparei no meu pai que estava a acenar-me e a sorrir. Era a única
pessoa a fazer aquilo. O medo desapareceu»

Cindy, 8 anos



«A minha mãe ama-me mais do que ninguém. Não vês mais ninguém a dar-me
beijinhos para dormir.»

Clare, 6 anos



«Amor é quando a mamã dá ao papá o melhor pedaço da galinha.»

Elaine, 5 anos



«Amor é quando a mamã vê o papá bem cheiroso e arranjadinho e diz que
ele ainda é mais bonito do que o Robert Redford.»

Chris, 7 anos



«Amor é quando o teu cãozinho te lambe a cara toda, apesar de o teres
deixado sozinho todo o dia .»

Mary Ann, 4 anos tão querida



«Eu sei que a minha irmã mais velha me ama, porque me dá todas as
roupas usadas e tem de ir comprar outras.»

Lauren, 4 anos



«Quando amas alguém, as tuas pestanas andam para cima e para baixo e
saem estrelinhas de ti.» (quanta arte!)

Karen, 7 anos



«Amor é quando a mamã vê o papá na casa de banho e não acha isso indecente.»

Mark, 6 anos



«Nunca devemos dizer 'Amo-te', a menos que seja mesmo verdade. Mas se
é mesmo verdade, devemos dizer muitas vezes. As pessoas esquecem-se .»

Jessica, 8 anos



E a última? O autor e conferencista Leo Buscaglia falou de um concurso
em que ele teve de ser júri. O objectivo era encontrar a criança mais
cuidadosa.

O vencedor foi um rapazinho de quatro anos, cujo vizinho era um
velhote que perdera recentemente a sua esposa. Depois de ter visto o
senhor a chorar, o menino foi ao quintal do velhote, subiu para o seu
colo e sentou-se. Quando a mãe perguntou o que dissera ao vizinho, o
rapazinho disse:

"Nada, só o ajudei a chorar".

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Lutar

Simplesmente o melhor que me podiam ter dito hoje :)

Obrigado pelo teu "Bom dia!"...

E já agora, uma boa semana para todos!!

domingo, 26 de abril de 2009

Eu gosto é do tempo quente...




Esta foto foi tirada em Dezembro de 2008 num dia de sol de Inverno no centro de Munique.














Ontem tive a oportunidade de fazer uma nova foto, agora num belo dia de sol de Primavera no centro de Munique.



E por isso continuo a afirmar "Eu gosto é do tempo quente!".
E vocês... qual foto preferem?

sábado, 25 de abril de 2009

25 de Abril (1974)

Na altura ainda estava no mundo, mas sei que tudo o que se passou neste dia influenciou a minha geração... eram tempos de luta, por objectivos e tempos melhores!

Será que essa força de lutar por objectivos se perdeu nos dias de hoje?

1974 em Portugal

E foi assim que á meia-noite do dia 24 de Abril de 1974 em Portugal tudo mudou...

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Meine Glück... bin Ich selber!!

"Was immer du denkst, wohin ich führe,
wohin es führt, vielleicht nur hinters Licht.
Du bist ein Geschenk, seit ich dich kenne,
seit ich dich kenne, trage ich Glück im Blick.

Ich kläre den Nebel, änder so schnell ich kann
und was sich nicht ändert, an dem bin ich noch dran.
Kleb an den Sternen, bis einer dann fällt,
der mir die Brust aufreißt.
Ich zöger nicht lang, ich setzte die Segel,
pack den Mond für dich ein, zerschneide die Kabel,
will allein mit dir sein.
Und wenn du nichts für mich tust, dann tust du es gut.

Was immer du denkst, wohin ich führe,
wohin es führt, vielleicht nur hinters Licht.
Du bist ein Geschenk, seit ich dich kenne,
seit ich dich kenne, trage ich Glück im Blick.

Du hast mich verwickelt in ein seidenes Netz,
das Leben ist gerissen, aber nicht jetzt,
es kriegt endlich Flügel, fliegt auf und davon,
das sind deine Augen - so blau und so fromm.
Und du lachst und du strahlst,
setzt den Schalk ins Genick,
schenkst mir Freudentränen und nimmst keine zurück
und du tust mir nichts und das tust du gut.

Was immer du denkst, wohin ich führe,
wohin es führt, vielleicht nur hinters Licht.
Du bist das Geschenk, aller Geschenke,
aller Geschenke, ich trage Glück im Blick.

Und wird dein Kopf dir irgendwann zu eng und trübe
Und du weißt, dass der Regen sich verdrängt,
färbe ich sie ein, deine schrägen Schübe,
du bist alles in allem, das bist du nicht.

( was immer du denkst )
Du lachst und du strahlst,
setzt den Schalk ins Genick,
(wohin ich führe )
schenkst mir Freudentränen nimmst keine zurück
(wohin ich führe)
und du tust mir nichts und das tust du gut.
Und ist dein Kopf dir irgendwann zu eng und trübe
Versuche ich, dass der Regen sich verdrängt,

Du bist das Geschenk, aller Geschenke,
seit ich dich kenne, trage ich Glück im Blick
Oh, du bist das Geschenk, aller Geschenke,
seit ich dich kenne, kenne, trage ich Glück im Blick."

Glück - Herbert Gröneymer

Ich wünsche euch alle eine ganz tolles WE :)

Liebe Grüße, eure Sara

domingo, 19 de abril de 2009

Pontos de Vista

E cá estou eu novamente :) apesar de ser Domingo, lá vem o "mau" hábito adquirido durante a semana... e acordei de madrugada :(

Mas hoje está um lindo dia de sol e acordando assim cedo posso aproveitar mais um pouco (pelo menos teoricamente), mas o q me fez escrever hoje logo de manha: pois é, outro "mau" hábito ;)

Uma pessoa acorda e liga o computador, mesmo naquela de "será q alguém se lembrou de mim e me escreveu um email?" ou apenas para ver as notícias de última hora e ver o resultado do jogo de futebol do dia anterior.

Pois foi o q fiz, consultei os meus emails e até eram alguns :P entre eles descobri um que tenho q partilhar com vocês!!!

Ora aqui vai o q me enviaram:

Há uns dias, numa cidade de França, um cartaz, com uma jovem espectacular,na montra de um ginásio, dizia:"ESTE VERÃO, QUERES SER SEREIA OU BALEIA?" Dizem que uma mulher jovem-madura, cujas características físicas não interessam, respondeu à pergunta publicitária nestes termos:"Estimados Senhores:As baleias estão sempre rodeadas de amigos (golfinhos, leões-marinhos,humanos curiosos). Têm uma vida sexual muito activa, engravidam e têm baleiazinhas ternurentas, às quais amamentam.Divertem-se à brava com os golfinhos, enchendo a barriga de camarões.Brincam e nadam, sulcando os mares, conhecendo lugares tão maravilhosos como a Patagónia, o mar de Barens ou os recifes de coral da Polinésia.As baleias cantam muito bem e até gravam CD's. São impressionantes e praticamente não têm outros predadores além dos humanos. São queridas,defendidas e admiradas por quase toda a gente.As sereias não existem. E, se existissem, fariam fila nas consultas dos psicanalistas, porque teriam um grave problema de personalidade,"mulher ou peixe?".Não têm vida sexual, porque matam os homens que delas se aproximam, além disso, por onde? Por isso, também não têm filhos. São bonitas, é verdade,mas solitárias e tristes. Além disso, quem quereria aproximar-se de uma rapariga que cheira a peixaria?Para mim está claro, quero ser baleia.P.S.: Nesta época em que os meios de comunicação nos metem na cabeça a ideia de que apenas as magras são bonitas, prefiro desfrutar de um gelado com os meus filhos, de um bom jantar com um homem que me faça vibrar, de um café e bolos com os meus amigos.Com o tempo ganhamos peso, porque ao acumular tanta informação na cabeça,quando já não cabe, espalha-se pelo resto do corpo, por isso não estamos gordas, somos tremendamente cultas. A partir de hoje, quando vir o meu rabo no espelhos, pensarei, Meu Deus, que inteligente que sou..."
Simplesmente ADOREI, principalmente agora q estamos a chegar a época de Verão e tal como eu ínumeras Mulheres se deparam com os seus problemas e preocupacoes (kilitos a mais, celulites, etc...)! Mas o q interessa realmente minhas queridas: É QUE NOS SINTAMOS BEM CONNOSCO PRÓPRIAS E SATISFEITAS COM A NOSSA IMAGEM PESSOAL E COM O Q VEMOS NO ESPELHO!!!! O resto são histórias, pois é mesmo assim... quem não gosta pode deixar, pois há mais quem goste :)
Aproveitem é o bom tempo de calor e sol que se aproxima e gozem a vossa vida ao MÁXIMO!!!

sábado, 18 de abril de 2009

Weekend :P

Comecei o meu Sábado ao som da Cher... já dancei ao som desta música, já devo ter irritado os vizinhos com a música alta logo de manha cedo... mas o q interessa mesmo é que é FIM -DE - SEMANA!!!!

Espero que esta música vos transmita tao boa disposicao como a que me transmite a mim :)

E a dancar, pular, rir e divertidamente comecem o vosso dia e q este seja fantástico :)

Inté...

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Books & Sex

Top Ten Reasons Books Are Better Than Sex

10. With books, it's socially acceptable to read both men and women.

9. A book never has to ask "Was it good for you?" --- And then lie and say it was.

8. You don't have to shower after reading a book, except maybe Ann Coulter.

7. The pope says you can have books before marriage.

6. You don't have to get a book drunk first.

5. Books last longer than three minutes.

4. If you don't like what you see between the covers, you can toss it aside and find another book right away.

3. With books, length isn't important.

2. A book can make you sick, but not the kind of sick that requires a trip to the clinic.

1. You can have a new book every night, and they don't get jealous.


THE TOP FIVE REASONS SEX IS BETTER THAN BOOKS

5. With sex, there's never a mystery as to who's doing what to whom.

4. Sex can be done in the back of a dark cab.

3. If you do it when you're drunk, it still makes perfect sense.

2. With books, if you can't read well, you're out of luck. With sex, there's a little pill.

1. With sex, you never have to flip back to remind yourself what the plot is about or what the goal of the protagonist is.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

For all of you


Domingo de Páscoa... pouco convencional!



Sim, também fui uma daquelas pessoas habituada ás tradicoes da Páscoa e por sua vez do Domingo de Páscoa passado em família. Bons tempos esses, em que se reunia a família toda, todos se deliciavam com o cabrito e nós (na altura ainda umas crianças inocentes) nos delicavamos com as amêndoas e o ovos de chocolate :)




Mas os anos vão passando e as tradicoes, embora não perdidas, vão perdendo é o lugar na vida do dia-a-dia actual...




Mais uma vez embora fosse grande o desejo, não houve a oportunidade de nos irmos reunir com a família e entes mais chegados para celebrar este dia, mesmo assim não deixei de celebrar a Páscoa... á minha maneira! :P




Enquanto inúmeras pessoas se apressavam ontem de manha para irem ter com os seus, para irem ás cerimónias religiosas, para preparem todas as iguarias de que se orgulham de apresentar nestas ocasiões... eu NÃO!!




Aproveitei sim, o belo dia de sol que se fazia sentir :) Acordei (relativamente cedo, para que pressas, além do mais era Domingo!) e fui para o comboio...


Uma horinha depois de bem viajada no conforto do S-banh, estava lá :) O lago á minha frente, o sol quentinho e a brilhar... paradísiaco! Não era o meu atlântico, mas olhem... soube bem, até deu para fazer o cruzeiro de volta ao Lago Ammersee e saborear o ar "marítimo" :P


Passei um belo Domingo de Páscoa, pouco convencional para os demais, mas quem me conhece realmente bem... sabe (ou pelo menos já devia saber!) que não sou pessoa de convencionalismos ;)




O que eu queria dizer com este meu post, não só vos comunicar como foi o meu Domingo de Páscoa, mas também... eu respeito as tradicoes, sim sem dúvida respeito-as! Mas a vida está em constante movimento, as coisas mudam... assim como os hábitos... por isso, porque não de vez em quando tirarmos um pouquinho do nosso dia para o saborearmos :)




Guardo as tradicoes com as boas memórias que elas me transmitem, mas hoje em dia (e mais q nunca) guardo essas mesmas tradicoes na prateleirinha das memórias :)




Belo Domingo de Páscoa = belo dia bem passado, com quem se gosta e a saborear a vida! Porque não? Não houve cabrito assado, nem pão-de-ló, nem amêndoas ou ovinhos... sinceramente não lhes senti a falta!




O q realmente soube bem foi saborear o dia :D




Por isso continuo com o meu lema e sugiro-vos o mesmo, "Carpe Diem" e saboreiem o que a vida de bom nos dá...




sexta-feira, 10 de abril de 2009

sexta-feira, 3 de abril de 2009

yes :)

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Let the sunshine in



Finalmente.... sim ao fim de 14 dias oficiais de Primavera, brilhou o sol em Munique e até esteve um dia quentito! :)

Pela 1a vez em 2009 saí de casa sem casacos grossos e encolhida pelo frio, não hoje olhei para o jardim em frente a casa... ouviam-se os passarinhos, as crianças a brincar na rua e o sol brilhava (poético não...).

Saí então para a rua, foi tão bom... sentir o calor, um vento agradável... foi então que caí na realidade: os alemães são mesmo assim... pois é, uns raios de sol e lá estão eles! Acreditem ou não, hoje já vi várias pessoas de calções na rua, tops de alças e sapatinhos de Verão. Um pouquinho exagerado... pelo menos para mim, que ainda me continuo comportar de acordo com as ideias que me foram incutidas na infância: este sol só trás doenças, expões-te e depois ficas constipada! Pois é os bons conselhos de há muitos anos atrás ainda continuam a ter os seus efeitos no presente, embora hoje em dia já ande mais "destapada" mesmo nos frios meses de inverno ;)

Mas voltando ao tema principal que me trouxe hoje aqui... está SOL!!! A Primavera parece finalmente ter chegado á cidade... e eu estou feliz com isso :D

Até já vi borboletas... e isso é um bom, um óptimo sinal de que a natureza já começou a renascer após este longo período inerte e frio.
As árvores já começam a ter folhinhas novas, as flores a ficarem em botão... como já disse, os passarinhos já cantam e até já há borboletas por aí a voar...

Que bom... a sério, adoro o tempo quente, o Sol e o calor! Até parece que as pessoas ficam mais bem dispostas... ;)